quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Odor corporal

A propósito desta mensagem lembrei-me de um assunto, no mínimo interessante e, curioso. Todos os homens gostam de receber sexo oral! É bom e é óptimo! Isso é um facto e é inquestionável! Hetero, bi, homo, qualquer que seja a “categoria” onde estão incluídos, creio que estamos de acordo de que não haverá um único homem que não goste. Se houver… bem, se houver, só me resta ter pena dele, claro! Quanto ao fazer a uma mulher (porque essa é a única realidade que conheço) já não é assim tão claro.

Há homens que não gostam de o fazer às mulheres! Por várias razões. Desde logo porque acham que a sua condição de macho sairá fragilizada (é absurdo mas ainda acontece)! Por outro lado existem, também, muitas mulheres que não gostam nem de fazer nem de receber. Acham até nojento receber sexo oral! Isto é, muitas vezes, apesar de reconhecerem que a sensação é maravilhosa, acham nojento. Algumas dessas mulheres sentem-se muito mal pelo gosto ou cheiro que vem de lá. Ou pensam que vem de lá...

Mas, recordo-me de uma caso particular de uma menina, muito interessante, que conheci, muito bonita, com umas pernas bem torneadas, com uns peitos na medida exacta, com quem me envolvi. Após algumas saídas estávamos em casa dela, onde ela me olhava com aquele olhar malicioso e provocador, num clima privado e intimista. Começamos a beijar-nos e a temperatura dos corpos a subir. Começamo-nos a despir, tira-se uma, duas peças de roupa e, sem dar por isso, já lhe consigo sentir a textura suave dos seios na boca. Bem, depois de algumas permutas de carícias, eis chegada a minha hora de fazer o mesmo com ela. Foi então que… alto lá! Que cheiro intenso era aquele?!? Não era falta de higiene mas sim um odor natural bastante intenso e activo que me faziam virar a cabeça para o lado? Não queria acreditar no que estava a acontecer. Uma mulher linda de morrer, tão louca de excitação, à minha disposição, e eu bloqueado e sem saber o que fazer?!? Não aguentei! Caiu o entusiasmo. Inventei uma desculpa, que agora não me lembro, e saí de lá a correr! Devo ter andado uma semana a lavar os dedos e a colocar perfume porque ficava sempre com a sensação de que o cheiro ainda lá estava!

A questão que eu aqui coloco é que o odor, perfume natural, e colocando de lado as questões higiénicas, porque parto do princípio que existem, pode ser bom… ou mau! Mas será que pode ser impeditivo para o que quer que seja??? Penso que não, enquanto homem, mas não garanto. Se calhar depende dos gostos de cada um. Já verifiquei, isso sim, que podem haver mulheres que nos sejam mais agradáveis ou atraentes do que outras!

E, já agora, gostaria de deixar claro às mulheres que a grande maioria dos homens, atenção mulheres, adora cair de boca! Portanto, não se inibam nem se preocupem!

Nota: A parte do cheiro intenso, eu vir embora e dedos que me repugnavam foi inventada, ok?! Sim, era um odor normalíssimo, fiquei até ao fim e foi muito bom!!!

9 comentários:

Angel disse...

Fiquei confusa. Tinha ou não um odor estranho?

São as tais questões de empatias até no cheiro do outro. Não gostamos do cheiro de toda a gente, começamos a seleccção de um potencial parceiro também por aí.

O Gajo disse...

Que parte da "Nota: A parte do cheiro intenso, eu vir embora e dedos que me repugnavam foi inventada, ok?! Sim, era um odor normalíssimo, fiquei até ao fim e foi muito bom!!!", é que não percebeu?

Pois, é verdade. Ou isso ou um bom perfume. Também costuma resultar, sabia? Se bem que, até aí, pode-nos cheirar melhor ou pior conforme a pessoa que o usa...

Angel disse...

Percebi só não achei propriamente normal:PPPP

O Gajo disse...

Há odores naturais que nos são, particularmente, bem mais agradáveis e excitantes do que outros! O que é perfeitamente normal.

Angel disse...

Não foi isso que não achei normal. Foi ter dito uma coisa e depois outra:P

Carolina Tavares disse...

Ah sim... já estava imaginar que situação complicada que te metestes quando li as letrinhas miúdas amarelas :)
Sexo oral é muito bom, sem dúvida gosto de porporcionar loucuras e e também de ser deliciosamente saboreada.
Mas agora é minha vez de lhe perguntar... o que leva um homem a não gostar de proporcionar uma mulher esse prazer? Sabe tenho um amigo e estávamos conversando sobre isso. Ele me disse que não sabe dizer por que não gosta. Do jeito que ele é meio chatinho pode ser que tenha nojo. Alguma coisa na oralidade, boca, creio eu.
No texto só destacaste um motivo ¨acham que a sua condição de macho sairá fragilizada¨. (Não entendi direito isso). Penso que podem ter outros. O que achas?

O Gajo disse...

É, Carolina, de facto não aconteceu exactamente assim, conforme eu escrevi nas letrinhas amarelas! :-)
É muito bom, sim! Gostei do seu comentário: “sem dúvida gosto de proporcionar loucuras e também de ser deliciosamente saboreada.” É mesmo, tal e qual, como diz: saborear!!!

Esse é um assunto, ainda com um algum rasto de tabu entre os homens. Mas, posso adiantar algumas situações que verifico: desde logo em alguns homens, gerações mais velhas, acham que apenas devem receber enquanto que fazê-lo a uma mulher é visto como uma subjugação; outros podem, à semelhança do que acontece com as mulheres, embora, quase de certeza em menor número, não gostarem e acharem um acto desprezível, por vários motivos, entre os quais o nojo; e outros, egoístas, que estão mais interessados no seu próprio prazer em vez de se preocuparem com o prazer da mlher!

Espero ter respondido às suas questões!

Carolina Tavares disse...

Acho que a geração mais nova de homens preocupam-se mais em dar prazer a parceira. É quase um troféu saber que a perceira gozou.

O Gajo disse...

Também concordo consigo! E ainda bem que assim é! Sobretudo para vocês, mulheres!

Nas gerações mais antigas acho que o fazem mais para receberem o tão ansiado… (como é que chamam aí, mesmo?!??)

NÃO PRECISA DE RESPONDER!!!